Assembleia emite nota oficial e atribui “fake news” a deputado

Parlamentar utilizou as redes sociais para divulgar que a Alego havia aprovado um projeto que proíbe a redução do ICMS

Nesta quinta-feira (09), a Assembleia Legislativa (Alego) emitiu uma nota para desmentir o deputado estadual Delegado Humberto Teófilo (PSL), que divulgou nesta semana, em suas redes sociais, um vídeo em que afirma ter sido aprovado um projeto que proíbe a redução do ICMS que incide sobre os combustíveis. 

Conforme a Alego, “matéria versa unicamente sobre os percentuais de distribuição do referido imposto aos municípios goianos, adequando a Constituição do Estado de Goiás à nova regra de repartição”. E diz ainda que não veda “em nenhum de seus dispositivos, reduções no valor do referido imposto”.

A Assembleia, por meio da nota oficial, ainda atribui ao deputado Humberto Teófilo a emissão de “fake news” sobre o tema, cujo objetivo é de “confundir a população”.

Confira a nota:

A Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) informa que se trata de uma mentira a informação disseminada pelo deputado Delegado Humberto Teófilo (sem partido) acerca da existência e da aprovação de projeto que proíbe a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual, Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) incidente sobre os combustíveis em Goiás.

Na tarde da última terça-feira, 7 de dezembro de 2021, recebeu aval definitivo a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que tramitou na Casa sob o processo legislativo nº 8170/21, conhecida popularmente como PEC do ICMS.

A matéria versa unicamente sobre os percentuais de distribuição do referido imposto aos municípios goianos, adequando a Constituição do Estado de Goiás à nova regra de repartição, determinada pela Emenda Constitucional Federal nº 108/2020 (Lei do Fundeb).  

A PEC do ICMS não veda, em nenhum de seus dispositivos, reduções no valor do referido imposto. Sendo assim, a Alego reitera que é falsa a informação, divulgada nas redes sociais, de que os deputados goianos favoráveis à matéria impediram a redução do imposto sobre os combustíveis em Goiás. 

A Assembleia Legislativa de Goiás lamenta a divulgação das chamadas fake news, que têm por objetivo confundir a população, e ressalta o compromisso do Parlamento goiano com a transparência de seus atos, a representação da população, por meio dos deputados, e a busca por soluções para as demandas da sociedade. Por isso, o conteúdo, na íntegra, da PEC em questão, assim como todos os projetos em tramitação na Casa, está disponível para checagem no Opine Cidadão, podendo ser acessado por meio do link https://opine.al.go.leg.br/

Total
1
Shares
Related Posts