Baldy vira réu na Lava Jato

Juiz federal aceita denúncia feita pelo Ministério Público Federal

O juiz Marcelo Bretas aceitou denúncia feita pelo Ministério Público Federal (MPF) e o ex-ministro das Cidades, Alexandre Baldy, virou réu por corrupção na Justiça Federal do Rio de Janeiro.

A Força-Tarefa da Lava Jato do MPF no Rio de Janeiro denunciou onze pessoas pelo de crimes de corrupção, peculato, fraude a licitações e organização criminosa.

Além de Alexandre Baldy, foram denunciados seu primo Rodrigo Sérgio Dias e o ex-presidente da Juceg, Rafael Lousa.

Todo os denunciados viraram réus na Lava Jato do Rio.

De acordo com as investigações, o envolvimento de Baldy e seu primo com as práticas criminosas teve início com a intermediação da liberação de pagamentos para a organização social Pró-Saúde, em razão dos serviços de gestão do Hospital de Urgência da Região Sudoeste (Hurso), em Goiás, que foi administrado pela Pró-Saúde entre 2010 e 2017.

Baldy é acusado de ter recebido R$ 2,6 milhões de reais em propinas relacionadas a contratos do governo de Goiás e da Fiocruz.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts