Bolsonaro e Flávio viciaram em dinheiro público, dispara Roberto Jefferson

Roberto Jefferson afirma que Bolsonaro “fraquejou” após os atos de 7 de setembro – (Foto: Reprodução)

Presidente nacional do PTB anuncia ruptura com o presidente da República

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, declarou nesta quarta-feira (27), por meio de carta, que não vai mais apoiar o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) nas eleições de 2022. Conforme o ex-deputado federal, o vice-presidente, Hamilton Mourão (PRTB), será convidado para se filiar ao PTB.

Na carta, escrita dentro do presídio de Bangu 8, Roberto Jefferson afirma que Bolsonaro “fraquejou” após os atos de 7 de setembro.

“Todo o povo saiu às ruas para dizer, eu autorizo, não havia volta, não havia transigência com as velhas práticas. Mas por algum motivo, Bolsonaro fraquejou. Não teve como seguir. Escrevo isso insone. Não preguei meus olhos. Esse pensamento queimou minhas pestanas, não consegui fechar meus olhos e dormir. Vamos por nós mesmos.”, declarou o petebista.

Jefferson ainda argumenta que Bolsonaro e seu filho, o senador Flávio (Patriota-RJ), viciaram em “dinheiro público”.

“Desfrutou do prazer decorrente do dinheiro público, ganho com facilidade, nunca mais se abdica desse gozo paroxístico que ele proporciona. Bolsonaro cercou-se com viciados em êxtase com dinheiro público; Farias, Valdemar, Ciro Nogueira, não voltará aos trilhos da austeridade de comportamento. Quem anda com lobo, lobo vira, lobo é. Vide Flávio”, escreveu o petebista.

Total
1
Shares
Related Posts