Caiado apresenta proposta que cria a Bolsa Estudo de R$ 100 para estudantes

De acordo com Caiado, o objetivo é incentivar a aprendizagem e a permanência dos alunos em sala de aula – (Foto: Lucas Diener)

Auxílio será destinado aos 218 mil alunos da última fase de aprendizagem e tem como objetivo combater a evasão escolar

O governador Ronaldo Caiado (DEM) enviou nesta quarta-feira (03) para a Assembleia Legislativa o projeto de lei que institui o Programa Bolsa Estudo. O auxílio será vinculado à Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e consiste na transferência mensal de R$ 100 a todos os alunos do Ensino Médio da rede pública estadual de ensino. O objetivo do governador é incentivar a aprendizagem e a permanência dos alunos em sala de aula.

Serão beneficiários do programa todos os estudantes da última fase de aprendizagem do Estado de Goiás, nos anos de 2021, 2022 e 2023. A bolsa será paga exclusivamente nos meses de fevereiro a junho, e de agosto a dezembro.

“Nós sabemos que a evasão escolar tem sido enorme no fim do Ensino Fundamental”, afirmou o governador Ronaldo Caiado, que acrescentou: “Por isso, todo jovem do Ensino Médio vai receber R$ 100 por mês para mantê-lo dentro da atividade escolar, é um incentivo por parte do governo”.

A expectativa é que o Bolsa Estudo contemple cerca de 218 mil estudantes ainda no ano de 2021, que terá o Gabinete de Políticas Sociais como parceiro no monitoramento e na articulação institucional.

O Governo de Goiás prevê que o impacto orçamentário e financeiro estimado da proposta será de R$ 21,8 milhões para o exercício de 2021. Já para os anos de 2022 e 2023, o impacto será de R$ 233,2 milhões e R$ 248,6 milhões, respectivamente.

Total
23
Shares
Related Posts