Caiado envia à Assembleia projeto com reajuste de 10,16% ao funcionalismo

Aumento, que não era concedido ao funcionalismo público desde 2016, deve constar já na folha salarial de março

O governador Ronaldo Caiado (União Brasil) anunciou, nesta terça-feira (08), reajuste salarial de 10,16% a servidores ativos e inativos do Estado. O percentual foi fruto de negociação e consenso junto aos sindicatos representativos. O projeto de Lei foi encaminhado para apreciação dos deputados na Assembleia Legislativa.

“Conseguimos chegar a um canal de diálogo aberto e vamos discutir esse assunto todos os anos”, garantiu o governador.

Caiado pediu urgência na tramitação na Casa de leis para que o acréscimo no contracheque seja efetuado já a partir da folha de março. Assim, o impacto financeiro previsto neste ano será de R$ 787,1 milhões. Para 2023, e ano subsequente, de R$ 944,5 milhões. 

O funcionalismo público estadual não recebe essa atualização salarial desde 2016. Após três anos de uma gestão focada no equilíbrio das contas, Caiado pôde abrir as negociações junto às entidades de classe para atender a demanda dos servidores estaduais. A margem de aumento está adequada às limitações legais impostas ao Governo de Goiás em função da adesão ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF), ocorrida em dezembro. 

Total
19
Shares
Related Posts