Câmara de Aparecida economiza R$ 4 milhões em um ano

Presidente André Fortaleza concede entrevista coletiva – Foto Divulgação Marcelo Silva/Câmara de Aparecida)

Economia foi possível por causa da renegociação de contratos durante a pandemia. Recurso será utilizado na construção da nova sede do Legislativo

Após a última sessão ordinária de 2021, quando fez prestação de contas do seu primeiro ano como presidente da Câmara Municipal de Aparecida, no final da manhã desta quarta-feira (15), o vereador André Fortaleza (MDB) concedeu entrevista coletiva.

Ele informou aos jornalistas que fez economia de R$ 4 milhões em um ano de gestão e pleiteia empréstimo de R$ 10 milhões junto à Caixa Econômica Federal para viabilizar o término da nova Câmara Municipal, obra iniciada em 2018 pelo ex-presidente Vilmar Mariano.

“Vamos dar continuidade à obra, provavelmente agora no início do ano. Já temos recursos em caixa, inclusive R$ 3 milhões aplicados, que já nos rendeu R$ 70 mil. É o dinheiro público rendendo. Para se ter ideia, pagamos o 13º no dia 16 de novembro. Temos preocupação muito grande em cumprir nossos compromissos de forma responsável”, desatacou.

Segundo ele, a renegociação dos contratos durante a pandemia possibilitou a economia. “Assim que cheguei e tomei par da situação financeira da Casa, comecei a chamar fornecedores e prestadores de serviço, inclusive aluguel. E economizamos também, por exemplo, reduzindo o consumo de água, energia”.

Quanto ao trabalho no plenário da Casa, André Fortaleza apresentou relatório em que consta que ao longo do ano foram realizadas 87 sessões ordinárias, com apenas uma encerrada por falta de quórum, 14 sessões solenes, 4 sessões extraordinárias e 8 audiências públicas. Quase 120 projetos passaram pela Casa e mais de 40 foram aprovados e viraram lei.

Total
2
Shares
Related Posts