“Continuo como ministro da Saúde”, declara Eduardo Pazuello

De acordo com o MPF, entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021, os acusados não teriam tomado medidas eficazes durante a crise da Covid-19 no Amazonas – (Foto: Reprodução)

A saída do general ganha força nos bastidores do Governo Federal

Eduardo Pazuello declarou que não está de saída do Ministério da Saúde. A manifestação foi feita em entrevista à CNN Brasil na tarde deste domingo (14).

“Eu não estou doente, continuo como ministro da Saúde até que o presidente da República peça o cargo. A minha missão é salvar vidas.”, disse Pazuello.

Nos bastidores do Governo Federal é praticamente certo que ele será demitido pelo presidente da República Jair Bolsonaro (Sem Partido) nos próximos dias.

Cotada

O nome cotado para assumir o posto é da médica cardiologista Ludhmila Hajjar, que é anapolina e amiga do governador Ronaldo Caiado (DEM). Inclusive, na tarde deste domingo, a médica se encontrou com o presidente Bolsonaro em uma reunião a portas fechadas no Palácio do Planalto.

Total
0
Shares
Related Posts