Eleições 2022: Gustavo Mendanha diz que Caiado tem medo do debate

Prefeito declara ainda que governador utiliza aparato policial do governo estadual para perseguir adversários políticos

Durante transmissão ao vivo de rotina em sua conta no Instagram, nesta sexta-feira (12), o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (sem partido) disse que não tem medo de ameaças e que quem está com medo é o governador Ronaldo Caiado (DEM). O prefeito afirmou que o governador utiliza o aparato policial do Estado para perseguir e intimidar quem pensa politicamente como ele. 

“Não tenho medo, não vou me intimidar e não vou deixar de lutar pelos meus ideais, que é fazer Goiás se desenvolver”, declarou Gustavo. 

Mendanha afirmou ainda que a perseguição aumentou desde quando pediu licença de 15 dias do cargo de prefeito para ajudar na campanha de Maguito Vilela (MDB), em Goiânia, nas eleições municipais de 2020. 

Logo após isso, a Polícia Civil realizou uma operação para investigar contratos da organização social que gere o Hospital Municipal (HMAP) com direito a busca e apreensão na casa do secretário da Fazenda de Aparecida, André Luís Rosa. Ainda segundo o prefeito, a Polícia Civil repetiu a operação recentemente, mais de um ano depois, sem apresentar fatos novos, tentou envolver seu irmão e pediu busca e apreensão na casa dele, mas o Ministério Público e o Poder Judiciário negaram.

A declaração de Gustavo foi dada nos últimos cinco minutos da transmissão ao vivo que durou 36 minutos e que contou com a participação em vídeo espontânea de moradores de Aparecida e várias cidades de Goiás.

Total
5
Shares
Related Posts