Eleições 2022: MDB afirma que apoiador de Mendanha não preside o partido em Ceres

Alexandre França e Gustavo Mendanha – (Foto Divulgação)

Diretório estadual manifesta que Alexandre França não tem autoridade para falar em nome do partido no município

O diretório estadual do MDB informou ao Goiás365 na noite desta segunda-feira (13) que não há comissão provisória do partido em Ceres e, portanto, Alexandre de Almeida França não está autorizado a falar em nome do partido no município.

Conforme o MDB, Alexandre França pode apoiar o projeto eleitoral de Gustavo Mendanha (sem partido), porém, sem qualquer relação com o MDB no município.

A notícia publicada pelo Goiás365 no final da tarde desta segunda-feira (13) foi baseada em informação divulgada pela assessoria de Gustavo Mendanha dando conta de que o presidente da legenda, Alexandre França e outros membros da legenda no município apoiam o ex-medebista.

Consulta feita nesta noite ao Sistema e Gerenciamento de Informações Partidárias (SGIP) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirma que a comissão provisória do MDB de Ceres está inativa desde o dia 31 de outubro de 2020, data em que venceu a Certidão de Composição Partidária do Movimento Democrático de Ceres, portanto, há mais de um ano.

Nessa situação, não se pode, de fato, afirmar que o presidente do partido em Ceres apoia Gustavo Mendanha porque não há comissão nomeada, conforme informação da assessoria de Gustavo, que esteve reunido com lideranças do município de Ceres e região, ocasião em Alexandre e o empresário Zé Buriti declararam apoio ao projeto do prefeito de Aparecida de Goiânia.

O encontro foi realizado na Câmara Municipal de Ceres e reuniu vereadores, ex-vereadores, ex-prefeitos e ex-vice-prefeitos e vice-prefeitos da região do Vale do São Patrício.

Confira a situação da comissão provisória do MDB em Ceres – (Foto: Reprodução)
Total
1
Shares
Related Posts