Empresário acusado de cometer crimes sexuais contra crianças é solto

Executivo pagou a fiança de R$ 12 mil e vai responder em liberdade

O empresário preso em flagrante nesta terça-feira (11), em Goiânia, sob suspeita de armazenar pornografia infantil em dispositivos eletrônicos e incentivar atos sexuais contra uma criança de 10 anos, foi solto no mesmo dia.

O executivo pagou fiança de R$ 12 mil e responderá a acusação em liberdade. O empresário de 37 anos é sócio de um grupo empresarial com sede em Goiás.

Total
14
Shares
Related Posts