Ex-padre é condenado por dopar e estuprar dependente químico

Caso foi registrado em Quirinópolis

Nesta terça-feira (27), um ex-padre, de 56 anos, foi condenado por dopar e estuprar um dependente químico, de 33 anos. O caso foi registrado em Quirinópolis. A informação é do G1.

Conforme a Polícia Civil, o crime aconteceu em 2014 e a vítima estava internada em uma clínica de recuperação, que era gerenciada pelo acusado. O ex-padre foi condenado a uma pena de 13 anos, foi preso, mas entrou com recurso e conseguiu reduzir a pena e responder em liberdade. Ele também deixou de exercer a função de padre. Agora ele foi condenado a uma pena de 9 anos de prisão em regime fechado.

Em nota, a defesa do ex-padre argumentou que já foi notificada da decisão da Justiça e que recebeu com “serenidade e consciência” a informação da existência de mandado para cumprimento de decisão. Pontuou ainda que “aguarda o parecer técnico da sua equipe de defesa, que buscará a medida cabível a ser aplicada ao caso”.

Total
1
Shares
Related Posts