Justiça manda Delegada Adriana Accorsi retirar propaganda das redes sociais

Representação feita pela Coligação Goiânia em um Novo Momento, de Vanderlan Cardoso, foi julgada nesta sexta-feira, dia 16

A Justiça Eleitoral deu ganho de causa à Coligação Goiânia em um Novo Momento, de Vanderlan Cardoso (PSD), nesta sexta-feira, 16/10, e determinou a retirada de propaganda da candidata do PT, Adriana Accorsi, que considerou como “notícia sabidamente falsa”.

A argumentação do advogado da coligação, Dyogo Crosara, foi de que a petista divulgou propagação em diversos meios de comunicação de que “a candidata Adriana Accorsi está empatada em primeiro lugar” em uma das pesquisas divulgadas nessa semana.

O juiz Wild Afonso Ogawa, da 127ª Zona Eleitoral, entendeu que as chamadas de empate de primeiro lugar não coadunam com a realidade atual registrada nas pesquisas. “Segundo requisito, perigo de dano, se verifica na influência aos eleitores ante a informação inadequada”.

Concedida a liminar, a Justiça determinou a imediata suspensão das publicações nas redes sociais da candidata, sob pena de multa de R$ 10.000,00.

Liminar concedida pelo juiz Wild Afonso Ogawa

Total
2
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts