Pastor é preso por agressão ao prefeito de Rio Verde

Religioso agiu durante agenda do presidente da República no município 

Nesta quarta-feira (20), durante visita do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), ao município de Rio Verde, o pastor Daniel Mesquita Guimarães, de 40 anos, foi preso em flagrante após agredir o prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale (UB). O caso foi registrado no aeroporto do município enquanto aguardavam o desembarque do presidente.

A defesa do religioso informou que se manifestará após a conclusão do inquérito. Já a Secretária de Comunicação de Rio Verde informou que o prefeito vai representar contra o pastor junto a Polícia Civil.

O pastor usou uma camisa da Polícia Militar e se passou por um major do Exército Brasileiro para se infiltrar junto a segurança. Com ele foram apreendidas munições de arma de fogo. 

Total
1
Shares
Related Posts