Polícia prende fazendeiro acusado de matar caseiro

Polícia Civil faz busca e apreensão em fazenda de Nova Iguaçu de Goiás – (Foto Divulgação PCGO)

Suspeito teria forjado o suicídio do funcionário para acobertar furto de porcos de vizinho, em Nova Iguaçu de Goiás

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Campinorte – com apoio da DP de Uruaçu -, após representação da autoridade policial e deferimento do juízo da Vara Criminal, deu cumprimento esta quinta-feira (09) a mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão domiciliar em face de um pecuarista de 37 anos. Ele é suspeito de, no dia 19 de novembro último, forjar o suicídio de seu caseiro, em uma fazenda da zona rural do município de Nova Iguaçu de Goiás.

A vítima, de 56 anos, foi encontrada alvejada, em sua cama, com dois disparos de arma de fogo (espingarda calibre 32), um na região da cabeça e outro no peito. O local de crime foi a casa da vítima, que ficava ao lado da sede da fazenda.

Após investigação policial, amparada em laudos e exames periciais do Instituto de Criminalística, foi absolutamente descartado o suicídio, sendo que o proprietário da fazenda foi apontado como o autor da empreitada criminosa e, portanto, do homicídio.

A Polícia Civil apurou que a motivação do crime teria sido o fato da vítima ter descoberto que seu patrão, há alguns meses, apropriou-se indevidamente de porcos de um vizinho confrontante, que havia registrado boletim de ocorrência de furto de seus semoventes.

Total
5
Shares
Related Posts