Prefeitura Goiânia proíbe a realização de festas de Carnaval

Ação visa inibir a propagação da Covid-19

A Prefeitura de Goiânia anunciou nesta segunda-feira (17) novas regras que serão adotadas pelo município para o enfrentamento da Covid-19, que voltou a ter grande número de contaminados por causa da chegada da variante ômicron. As medidas estão voltadas principalmente para o setor de entretenimento, que terá público reduzido nos espaços fechados e abertos da capital. Decreto que será publicado nesta terça (18) no Diário Oficial também proíbe a realização de festas de Carnaval este ano, incluindo os festejos pré-carnavalescos. 

Em coletiva de imprensa, o secretário municipal de Saúde, Durval Pedroso, ressaltou que as medidas são necessárias para que o sistema de Saúde não fique sobrecarregado. 

A partir de agora, eventos como shows, apresentações e festas na capital estão restritos a um público menor. Bares, restaurantes, lanchonetes e similares deverão funcionar com lotação de 50% da capacidade do local, obedecendo distanciamento entre as mesas de 1,5 m.

Para o funcionamento de boates e casas de espetáculos, o número de pessoas presentes também está limitado a 50% da capacidade de cada estabelecimento e fica proibido o uso de pistas de dança e permanência de pessoas em pé. 

A regra da lotação de no máximo 50% da capacidade também vale para o funcionamento de shoppings, cinemas e celebrações religiosas, realização de shows e festas, assim como para os estabelecimentos destinados à recreação e práticas esportivas e recreativas, como o Zoológico e o Parque Mutirama. As novas medidas serão revistas quinzenalmente pela Prefeitura, de acordo com o cenário epidemiológico do município de Goiânia. 

Total
14
Shares
Related Posts