Professor Alcides defende piso salarial nacional para enfermeiros

Professor Alcides defende reconhecimento ao trabalho e melhores salários para profissionais da saúde – (Foto Divulgação Valdemy Teixeira)

Projeto de lei que tramita no Congresso Nacional também beneficia os técnicos e auxiliares de enfermagem e as parteiras

Tramita na Câmara dos Deputados o projeto de lei 2564/2020, de autoria do senador Fabiano Contarato (Rede-ES), que institui o Piso Salarial Nacional do Enfermeiro, do Técnico e do Auxiliar de Enfermagem e da Parteira.

O dia 12 de maio é especial para os enfermeiros pelo Dia Internacional da Enfermagem e uma das bandeiras da categoria é a aprovação dessa lei. Já aprovado no Senado, o projeto foi adotado na Câmara Federal pelo deputado Professor Alcides (Progressistas-GO), que apresentou requerimento na semana passada solicitando o regime de urgência na votação da matéria na Casa.

“Em um momento como o que estamos vivendo, é muito importante valorizar o trabalho de quem fez muito e continua fazendo por aqueles que estão passando por momentos difíceis por causa dessa pandemia infindável”, justificou o parlamentar.

O pedido de urgência foi feito na quarta-feira (5) e o deputado acredita que o presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-PI), deve colocá-lo em votação ainda nesta semana.

“Acho que o enfermeiro, o auxiliar e o técnico de enfermagem não ganham tão bem como deveriam e tomei as dores desse projeto que veio do Senado, do senador Fabiano Contarato, e pedi que ele seja colocado em regime de urgência na Câmara dos Deputados para votarmos logo a criação desse piso salarial”, declarou Professor Alcides.

Piso Pelo projeto, o piso salarial nacional para os enfermeiros será de R$ 7.315,00 por 30 horas semanais. O técnico em enfermagem ganhará 70% desse valor e ou auxiliar, 50%.

Total
1
Shares
Related Posts