“Quero governar um Estado que dê cidadania a todos”, declara Caiado

Ronaldo Caiado participa de evento em que a ministra Damares Alves, acompanhada pela primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, anunciou investimentos em ações para o público feminino – (Foto: Junior Guimarães)

Governador destaca ações sociais e de segurança em prol das mulheres durante visita da ministra Damares e de Michelle Bolsonaro

O governador Ronaldo Caiado (DEM) participou, na manhã deste sábado (12), ao lado da ministra de Estado da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, da primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, e do prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), de evento em que foram anunciados R$ 15 milhões de investimentos em benefício às mulheres em situação de vulnerabilidade no Estado. A solenidade foi realizada na sede da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), no Setor Santa Genoveva, na Capital.

Ao mencionar o esforço da equipe ministerial em buscar ouvir e atender à população feminina, o governador ressaltou que, em Goiás, as respostas são positivas. “Vossa excelência ouviu todas as mulheres do Brasil. Sem dúvida nenhuma vai poder ouvir das goianas que há um sentimento de que estamos promovendo e exigindo de todos que tiveram incentivos fiscais que retribuam em trabalho social à população”, disse.

Ronaldo Caiado enalteceu a atuação da ministra Damares e destacou os avanços na coibição de violência contra a mulher em Goiás. Ao se dirigir à primeira-dama Michelle Bolsonaro, Caiado agradeceu o apoio dado pelo presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido).

“Não suportaríamos essa crise sem os repasses [auxílio emergencial]”. Diante da necessidade de suporte à população, Caiado lembrou a atuação do governo na área social e citou que foram entregues 520 mil cestas básicas em todos os 246 municípios goianos. “Não quero governar um Estado rico e um pobre. Quero governar um Estado que dê cidadania a todos aqueles que habitam Goiás”, defendeu.

Michelle Bolsonaro definiu o momento com a palavra “gratidão” e enalteceu a atuação da presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais, primeira-dama Gracinha Caiado, por ser parceira do Programa Pátria Voluntária e por unir o voluntariado para mitigar os efeitos da Covid-19.

“O Brasil será o melhor lugar do mundo para se nascer menina”, declarou a ministra Damares. Sobre o lançamento da Casa da Mulher Brasileira, a ser construída em parceria com a Prefeitura de Goiânia a ministra disse que “vai ser um dos espaços mais lindos que Goiás e Goiânia vão oferecer para as mulheres”. O investimento supera o valor de R$ 10 milhões para levar atendimento especializado no público feminino em situação de violência.

Damares enfatizou o lema que conduz as ações na esfera federal. “Nenhum direito a menos é assim que o presidente Bolsonaro trabalha”. A ministra também anunciou a distribuição de 1.764 cestas básicas e a aquisição de seis viaturas para a Patrulha Maria da Penha.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts