Robinho é condenado a 9 anos de prisão por estupro

Jogador de futebol e seu amigo foram condenados em última instância 

O jogador de futebol Robinho foi condenado a nove anos de prisão nesta quarta-feira (19), pelo crime de estupro coletivo, cometido em Milão, quando ele jogava pelo Milan. A decisão definitiva foi dada na terceira e última instância da Justiça italiana. O amigo de Robinho, Ricardo Falco, também foi condenado.

Os advogados do jogador sustentavam que não havia provas de que a relação com a vítima, uma mulher albanesa não teria sido consensual. Na audiência desta quarta, os recursos dos advogados de defesa foram recusados. Eles tentavam reverter a condenação na segunda instância.

Total
1
Shares
Related Posts