Caiado entrega mais 916 residências para moradores de Goiânia

O governador Ronaldo Caiado durante entregas de moradias nos residenciais Jardim das Oliveiras e Porto Dourado, em Goiânia – (Foto: Cristiano Borges)

Governo de Goiás investe R$ 11 milhões em dois conjuntos residenciais. São 420 unidades no Jardim das Oliveiras e 496 na segunda etapa do Porto Dourado

O governador Ronaldo Caiado (DEM) e o presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Lucas Fernandes, entregaram, nesta segunda-feira (21), 916 apartamentos a moradores de Goiânia. São dois residenciais, um localizado no Jardim das Oliveiras e outro no bairro Porto Dourado, que foram levantados a partir de parceria entre os governos federal e estadual. O total de investimentos é de R$ 84 milhões – R$ 11,3 milhões de recursos do Estado. A conclusão das duas obras eleva para mais de 1,5 mil o número de famílias beneficiadas, somente na capital, com a casa própria pela atual gestão.

“Passamos os recursos estaduais a custo zero, ou seja, cada um recebe uma quantia para dar uma entrada e ter a casa própria. Esse dinheiro vem do imposto que todos nós pagamos”, ressaltou Caiado, ao explicar como é importante que o cidadão não só cuide do patrimônio, mas que também seja protagonista na luta de “devolver Goiás aos goianos”. “Precisamos construir um sentimento de solidariedade, de ajudar os outros a vencer na vida, de parcerias”, complementou.

Na construção do Residencial Jardim das Oliveiras foram investidos R$ 37 milhões, com contrapartida do Governo de Goiás de R$ 3,8 milhões. Os outros R$ 33,3 milhões são provenientes do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS) do governo federal, operacionalizados pela Caixa. O empreendimento possui 33 blocos de quatro e três pavimentos, com quatro apartamentos por andar. O espaço domiciliar é composto por dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, distribuídos em 43,78 metros quadrados.

Residencial Porto Dourado

No segundo compromisso do dia, Caiado entregou mais 496 apartamentos na região Sudoeste de Goiânia. O investimento foi de R$ 51,2 milhões, dos quais R$ 7,4 milhões por meio da Agehab. Os beneficiados receberam subsídio estadual de R$ 15 mil por unidade, para ajudar a diminuir o valor das parcelas do financiamento junto à Caixa. A prestação ficou em torno de R$ 500.

Neste residencial, os apartamentos estão distribuídos em 31 blocos e possuem 46,28 metros quadrados, o que inclui dois quartos, banheiro, salas de estar e de jantar conjugadas, área de serviço, além de uma vaga de estacionamento.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts