Caso Danilo: Padrasto é inocentado

Vizinho é apontado como único autor do crime

Hian Alves de Oliveira foi indiciado no inquérito elaborado pela Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) como único autor do homicídio contra Danilo de Sousa Silva, de 7 anos.

Conforme a PCGO, o vizinho, que é filho do pastor amigo da família, matou a criança por ciúmes da relação entre Reginaldo e seu padrasto. Com o inquérito, Reginaldo Lima dos Santos, que também foi preso, foi inocentado no caso. O inquérito foi encerrado neste domingo (09) e já encaminhado para a Justiça.

Na apuração foi constatado que Hian atraiu Danilo para o matagal, situado na região do Santa Rita, em Goiânia, com a promessa de lhe dar uma pipa. No local, a criança foi morta e posteriormente encontrada pelos investigadores.

Hian Alves foi indiciado por homicídio duplamente qualificado e ocultação de cadáver. Reginaldo deve ser liberado ainda nesta segunda-feira (10).

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts