Corpo encontrado em fazenda é de jovem que havia desaparecido após roubo de carro

Estudante estava com as mãos amarradas para trás e o corpo em avançado estado de decomposição

Cerca de 30 policiais civis das regiões de Goiás, Anápolis e Ceres, com apoio de bombeiros militares, incluindo mergulhadores e cães treinados em salvamento, realizaram buscas pelo jovem Murilo Ramos de Souza, de 25 anos, que estava desaparecido desde sábado, dia 27 de setembro, quando deixou Itapuranga e se dirigiu para a cidade de Ceres, onde chegou às 22h15.

Murilo Ramos foi vítima de roubo do veículo IX35, tendo os assaltantes restringido sua liberdade durante o trajeto de Ceres para Anápolis, local onde os assaltantes foram mortos durante confronto com policiais militares.

As buscas realizadas no último sábado, dia 3, foram concentradas em zonas de mata na região do Posto da PRF de Jaraguá. Nos dias anteriores, buscas também foram realizadas na região de Jaranápolis e Pirenópolis, visto haver informações de que Murilo teria sido solto nessa região.

Embora tenham sido empreendidos todos os esforços, especialmente com a participação de voluntários, o Instituto de Identificação da Polícia Civil de Goiás confirmou na noite desta segunda-feira, dia 5, que o corpo encontrado pela manhã em uma fazenda de Anápolis é do estudante Murilo Ramos.

O corpo foi encontrado por um operador de máquinas, em uma área rural, em avançado estado de decomposição. O major da PM Leonardo Bernardes informou que o cadáver estava com as mãos amarradas para trás por um cadarço e com marcas de tiros.

Os quatro suspeitos do crime morreram em confronto com policiais militares ao retornarem para Anápolis no dia do crime.

Total
9
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts