Dinheiro encontrado nas nádegas de senador estava sujo de cocô

Operação Desvid-19 investiga desvios de R$ 20 milhões de recursos federais destinados ao enfrentamento da Covid-19

Durante a ação de busca e apreensão da Operação Desvid-19, realizada na manhã desta quarta-feira, dia 14, na casa do senador Chico Rodrigues (DEM), em Boa Vista (RR), agora ex-vice-líder do governo de Jair Bolsonaro no Senado, a Polícia Federal (PF) encontrou cédulas de dinheiro escondidas entre as nádegas do político.

De acordo com reportagem da Revista Crusoé, com base no depoimento de uma fonte com acesso ao caso, a PF filmou toda a ação dos policiais e foi possível ver que algumas notas estavam sujas de fezes.

No total, os policiais encontraram R$ 30 mil na casa de Chico Rodrigues. Parte desse valor estava escondida na cueca dele.

O senador foi parar nas páginas dos veículos internacionais de comunicação.

O Jornal Guardian, um dos principais jornais do Reino Unido, tratou a situação como absurda e também relatou que o dinheiro estava sujo e cocô. “Para se ter uma ideia do absurdo da situação, algumas notas recuperadas estavam sujas de fezes. O constrangimento foi geral”.

O parlamentar é vice-líder do governo Bolsonaro no Senado e emprega em seu gabinete o primo dos filhos do presidente, Léo Índio.

A Operação Desvid-19 investiga desvios de cerca de R$ 20 milhões de recursos federais destinados ao enfrentamento da Covid-19.

A situação em que o dinheiro foi encontrado rendeu muitos memes na internet.

O Conselho de Ética do Senado, do qual Chico Rodrigues é membro, vai investigar a atitude do senador.

Total
7
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts