Dois secretários municipais estão com os dias contados na prefeitura de Aparecida de Goiânia

Pelo menos é o que pensam alguns vereadores e presidentes de partidos que conversaram sobre o assunto com o Goiás365

Dois secretários municipais devem estar com os dias contados na prefeitura de Aparecida de Goiânia. A situação foi criada em virtude da disputa pela sucessão municipal que colocou Gustavo Mendanha (MDB) contra o seu vice, Veter Martins (PSD).

Rodrigo Caldas é um deles. Mesmo sendo secretário de Gustavo Mendanha (MDB) desde o início desta gestão, o atual secretário de Desenvolvimento Econômico e presidente municipal do Avante lançou sua esposa, Márcia Caldas, como candidata a vice-prefeita na chapa liderada por Veter Martins (PSD), atual vice-prefeito e hoje o principal adversário de Gustavo Mendanha no pleito municipal.

A outra é Márcia Tinoco, Secretária do Trabalho, indicada do senador Vanderlan Cardoso (PSD) que se lançou candidato a prefeito em Goiânia e ainda articulou e deu sustentação política junto com o governador Ronaldo Caiado (DEM) para o lançamento da candidatura de Veter Martins a prefeito de Aparecida.

Com os pés no grupo da oposição, os dois secretários perderam espaço na administração municipal e devem ser substituídos nos próximos dias.

“Os traidores estão tendo mais espaço dos que os companheiros de primeira hora. Até quando?”, indagou um presidente de partido.

Demissão

Nos bastidores corre a informação de que os dois secretários já apresentaram pedido de exoneração da gestão aparecidense.

Total
2
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts