"Eu sempre estou em diálogo com a comunidade e os segmentos", destaca Vanderlan

O candidato do PSD à prefeitura ouviu as demandas e pediu parceria de todas as forças policiais e administrativas

O candidato Vanderlan Cardoso (PSD) se reuniu nesta quarta-feira (07), com representantes da Segurança Pública para ouvir as demandas da categoria e pedir apoio para execução de projetos do Plano de Governo da Coligação Goiânia em um Novo Momento, como a integração da Guarda Civil Metropolitana no sistema único de inteligência do Estado de Goiás.

Vanderlan lembrou a experiência bem-sucedida em Senador Canedo, que era apelidada de “Senador Faz Medo”. “O município que quiser ter uma boa segurança precisa assumir as despesas e com as responsabilidades do desenvolvimento do trabalho. Eu foi com o delegado-geral do município até a delegacia. Lá, 80 presos amontoados, computador quebrado, ele não tinha cadeira para trabalhar. O papel dele não é esse, ficar vigiando presos de forma desumana. Sem condições nenhuma de trabalho”, argumentou o candidato.

Os representantes das entidades pediram a aproximação da Polícia Civil com a gestão municipal, pois, segundo eles, é onde ocorre a criminalidade. Destacaram também a voz do candidato no senado é forte e pediram para que analise a situação e defenda essa aproximação da melhor forma possível.

“Se o senhor for eleito, uma sugestão é oportunizar um gabinete na sua gestão, para atender as demandas da segurança pública. O que precisa é chamar os profissionais de cada área para entender as necessidades de quem faz o serviço”, pontuou o presidente da Ugopoci, José Virgílio.

O país está sendo destravado, segundo Vanderlan, e novos investimentos estão chegando. “Meu trabalho é dessa forma. Nosso projeto das sete regionais é para funcionar bem e dar um bom atendimento a população. Um dom que Deus me deu é de formar equipe. Essas parcerias que vocês propõe são fundamentais para uma boa gestão. Hoje temos tecnologia e ainda não estamos usando ela a nosso favor. Vamos implantar um grande trabalho de videomonitoramento e fazer Goiânia avançar ainda mais”, concluiu.

Participaram representes da Associação de Delegados de Polícia do Estado de Goiás (ADPEGO), União Goiana dos Policiais Civis (Ugopoci), Sindicato dos Policiais Civis (Simpol) e Associação dos Profissionais em Papiloscopia do Estado de Goiás (APPEGO).

Total
1
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts