Grávida de gêmeas morre vítima do coronavírus

Psicóloga estava gestante havia seis meses e filhas também não resistiram

Grávida de gêmeas no sexto mês de gestação, a servidora pública e psicóloga Julliane Ferreira Aguiar, de 29 anos, morreu vítima de complicações da Covid-19 na noite de quinta-feira, dia 27, no Hospital Dom Orione (HDO), em Araguaína (TO).

Ela foi internada devido a complicações da doença e evoluiu a óbito, assim como as bebês prematuras.

Juliane contratada da Secretaria de Administração da prefeitura de Araguaína desde 2017.

A saúde de Julliane se agravou e um dos bebês não resistiu. O parto foi antecipado para tentar salvar a mãe e a outra filha, mas esta morreu após ser retirada do útero da mãe, que também foi a óbito na noite de quinta-feira.

“A gente está com o coração rasgado porque é uma dor que não passa. A falta dela não vai ser reparada”, lamentou o primo da psicóloga, Lucas Ferreira Salazar durante o enterro.

O enterro dos corpos de mãe e das filhas ocorreu sob forte comoção na tarde de sexta-feira, dia 28, no município de Arapoema (TO), onde mora a família de Julliane.

A morte comoveu o Estado do Tocantins.

O Conselho Regional de Psicologia – CRP do Tocantins 23ª Região, e o prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas Nogueira Pereira, emitiram notas lamentando a morte de Julliane.

Nota de pesar

Um dia após a celebração do dia da(o) psicóloga(o), uma das profissionais da nossa categoria que contribuía com a história da psicologia tocantinense veio a falecer em decorrência de complicações da COVID-19, e junto a ela, as suas filhas gêmeas.

Julliane Ferreira Aguiar, natural de Arapoema, formou em Psicologia na Faculdade Integrada de Colinas. Como psicóloga, atuou na Casa de Acolhimento Ana Carolina Tenório e no Recursos Humanos da prefeitura de Araguaína.

O Conselho Regional de Psicologia – CRP do Tocantins 23ª Região – lamenta o falecimento da psicóloga Julliane Ferreira Aguiar (CRP 23/1043) e solidariza-se com os familiares, amigos e a categoria que tiveram a honra em conviver com esta profissional.

Conselho Regional de Psicologia – CRP do Tocantins 23ª Região

Nota de pesar

É com imenso pesar que a Prefeitura de Araguaína recebe a notícia do falecimento nesta sexta-feira, 28, da psicóloga Julliane Ferreira Aguiar, de 29 anos, que estava internada desde o último domingo no Hospital Dom Orione em Araguaína, vítima de covid-19.

Julliane era servidora da Prefeitura de Araguaína e atuava na seleção de profissionais desde 2017 na Secretaria da Administração. Ela estava no sexto mês de gravidez de gêmeas e, por conta da piora no quadro clínico da covid-19, teve que antecipar o parto. Uma das meninas morreu logo após a cirurgia e a outra nesta quinta-feira.

Nossos sentimentos a todos os familiares e amigos. Que Deus possa confortar e dar forças para enfrentar este momento de dor.

Ronaldo Dimas Nogueira Pereira⠀

Prefeito de Araguaína

Total
11
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts