Justiça manda suspender ação contra padre Robson de Oliveira

Decisão foi por unanimidade da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Goiás

A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) determinou na tarde desta terça-feira, dia 6, o trancamento da ação penal proposta pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) que investiga o padre Robson de Oliveira pela suspeita de desvio de R$ 120 milhões doados por fiéis à Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), responsável pelo Santuário Basílica de Trindade.

Assim, a tramitação do processo fica suspensa.

A decisão que deliberou pelo habeas corpus ao religioso foi tomada durante sessão remota da 1ª Câmara Criminal do TJGO, localizada em Goiânia. O voto do relator, desembargador Nicomedes Domingos Borges, foi acompanhado pelos outros quatro magistrados.

A Operação Vendilhões, realizada pelo MPGO e pela Polícia Civil (PCGO), acusa o Padre Robson de formação de organização criminosa, lavagem de capitais e apropriação indébita.

Padre Robson se afastou da presidência da Afipe e do crgo de reitor da Basílica deTrindade por causa da investigação.

Em nota, a Afipe, disse que vai continuar “o trabalho de auditoria, reforma administrativa, implantação de governança e demais ações que estão em andamento na associação

O advogado do padre Pedro Paulo de Medeiros, que defende o padre Robson, disse que o trancamento foi baseado em dois argumentos: a atipicidade da conduta, alegando que não havia crime a ser investigado, e existência de provas ilícitas.

O MPGO espera ser notificado para se posicionar sobre os fatos.

Veja a nota na íntegra:

“-A Justiça atendeu ao pedido de habeas corpus dos advogados do Padre Robson na tarde desta terça-feira, 6 de outubro

A Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe) continuará o trabalho de auditoria, reforma administrativa, implantação de governança e demais ações que estão em andamento na associação. Tais medidas são fundamentais para o renascer da Nova Afipe e para que a entidade possa continuar cumprindo com sua principal missão que é evangelizar e manter suas ações sociais, a obra da nova Basílica em Trindade e a TV Pai Eterno. Sendo, o mais importante, a confiança do devoto do Pai Eterno nas ações da entidade e na transparência que a atual gestão defende e trabalha”.

Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe)

Total
1
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts