Ladrão arrependido escreve carta pedindo perdão à vítima

João Marcos escreveu carta para vítima – (Foto Divulgação PCGO)

Homem levou carro e depois celulares de pastor. Ele está preso e pode pegar até 10 anos de reclusão

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículo (DERFRVA), cumpriu, na tarde de quarta-feira (16), mandado de prisão preventiva expedido contra João Marcos Landmann, investigado pela prática de roubo circunstanciado pelo emprego de arma de fogo de um veículo, crime ocorrido no dia 15 de novembro último, em Goiânia. O investigado, de 28 anos, foi preso no Conjunto Vera Cruz, em Goiânia.

Na noite do dia 15 de novembro, o acusado, portanto arma de fogo, roubou um veículo Renault/Logan Branco, ano 2014, e dois telefones celulares de um pastor evangélico, na frente da Igreja, logo após o culto. No dia seguinte, o veículo foi encontrado e devolvido ao proprietário. Nesta mesma data, uma mulher ligou para a vítima, pois havia encontrado um dos celulares subtraídos e queria devolvê-lo. No ato da devolução, entregou também uma carta, supostamente escrita pelo autor do crime, que se dizia arrependido e pedia perdão à vítima.

“Pastor João. Em primeiro lugar eu gostaria de pedir encarecidamente que me perdoe pelo que eu fiz com o S. e sua família”, diz trecho da carta. “Eu não sou uma pessoa ruim, eu estava muito bêbado e drogado, não que isso justifique meus atos. Queria nunca ter feito isso”, continua.

O autor do manuscrito era monitorado por tornozeleira eletrônica cerca de dois meses antes do crime por causa de outro roubo com utilização de arma de fogo, em junho de 2019. Entretanto, rompeu o dispositivo eletrônico logo após o roubo cometido neste ano. O investigado ficará à disposição da Justiça e poderá ser condenado a até 10 anos de reclusão.

A imagem de foi divulgada a fim de que outras possíveis vítimas de crimes semelhantes possam identificá-lo.

Carta escrita pelo autor do roubo – (Foto Reprodução PCGO)
Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts