Padre Alaor morre vítima de coronavírus

Religioso estava internado há 20 dias tratando da doença, mas não resistiu e faleceu neste domingo

A Igreja Católica de Goiás perdeu um de seus mais expressivos e queridos religiosos. O padre Alaor Rodrigues Aguiar, de 80 anos, morreu neste domingo, dia 16, vítima do coronavírus.

Ele estava internado havia 20 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Estadual Governador Otávio Lage (Hugol), mas não resistiu às complicações da infecção.

O padre atuava como vigário na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no Setor Aeroporto, em Goiânia. Durante os 50 anos de sacerdócio, padre Alaor passou pela maioria das paróquias da arquidiocese.

O sepultamento ocorreu ontem, às 17 horas, no Cemitério Jardins das Palmeiras.

A Arquidiocese de Goiânia e a Catedral Metropolitana de Goiânia divulgaram notas lamentando a morte do religioso

Veja a íntegra das notas:

Arquidiocese de Goiânia

– É com grande pesar que comunicamos o falecimento do Pe. Alaor Rodrigues Aguiar, aos 80 anos, com 50 anos de missão sacerdotal. Colaborador na Igreja de Goiânia, desde o início da nossa arquidiocese, foi sempre incansável defensor da vida, do Evangelho, da justiça, da paz e da preservação ambiental.

Que a certeza de que a luz de Cristo o guiará até a Casa do Pai, traga consolo aos seus familiares e amigos.

Catedral Metropolitana de Goiânia

– Comunicamos com pesar o falecimento do nosso querido Pe. Alaor Rodrigues. Há semanas ele vinha lutando contra a covid-19, mas infelizmente não resistiu. Pe. Alaor sempre foi um sacerdote muito atuante por onde passou, sobretudo na defesa dos pobres e da casa comum, que é o nosso meio ambiente. Em 5 de dezembro do ano passado, ele celebrou na Catedral Metropolitana de Goiânia, os seus 80 anos de vida e 50 de sacerdócio. Na ocasião, a Catedral lotou de muitos amigos e familiares de diversas partes do Brasil.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts