PC abre investigação sobre vídeo divulgado por Seu Waldemar

A vítima e Seu Waldemar devem ser ouvidos pela PC em breve – (Foto: Reprodução)

Inquérito visa elucidar o crime de divulgação não autorizada de cena pornográfica

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) tomou conhecimento da divulgação não autorizada de imagens pornográficas de uma mulher, via plataforma de rede social. As imagens teriam sido compartilhadas nas redes sociais por um artista e apresentador goianiense conhecido como Seu Waldemar.

Por esta razão, a DERCC lavrou boletim de ocorrência e instaurou, de ofício, na tarde desta terça-feira (08), inquérito policial com vistas a investigar o crime de divulgação não autorizada de cena pornográfica, previsto no artigo 218-C do Código Penal Brasileiro, cuja ação penal é pública incondicionada e, portanto, independe de representação da vítima.

A vítima e o suposto autor devem ser ouvidos em breve, durante o curso do inquérito policial.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts