PC apreende alimentos impróprios para consumo em comércio

Estabelecimento situado em Goiânia foi interditado

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon), juntamente com fiscais do Procon Goiás e da Vigilância Sanitária, estiveram nesta sexta-feira (02) em um estabelecimento comercial no Jardim Novo Mundo, em Goiânia, investigado por fornecer produtos impróprios ao consumo. Após levantamentos preliminares, os policiais civis da Decon descobriram que o estabelecimento fazia manipulação de alimentos e venda de frios (queijo, presunto, etc) para pitdogs da capital.

Durante a ação, foram apreendidos produtos vencidos, mal acondicionados e sem informações de origem. As condições de higiene no local eram precárias e o estabelecimento foi completamente interditado. Entre os alimentos apreendidos e descartados estavam: queijo, massa para pastel, presunto, apresuntado, mortadela, lombo, bacon, salame, peito de peru, biscoitos e batata congelada (para fritar).

O responsável pela empresa é investigado por crime contra as relações de consumo, com pena que pode chegar a 5 anos de detenção. O inquérito foi instaurado e a Polícia Civil aguarda o laudo pericial para proceder ao indiciamento. Também foram realizadas autuações administrativas por parte do Procon Goiás e da Vigilância Sanitária.

Total
6
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts