Prefeitura permite shows em bares e restaurantes de Goiânia

Vigilância em Saúde autoriza serviço de música nesses estabelecimentos, desde que não se transforme em espetáculo

Atendendo à solicitação do Sindicato dos Músicos de Goiás, a Superintendência de Vigilância em Saúde de Goiânia emitiu parecer informando à entidade que o serviço de música ao vivo (shows) está permitido em bares e restaurantes da capital, desde que não se transforme em espetáculo.

“O serviço de música ao vivo está permitido, contanto que não seja transformado em espetáculo, ou seja, contanto que não haja promoção, cobrança de ingressos, divulgação, sonorização incompatível com o local, efeitos luminosos, palco especial e, sobretudo, aglomerações, dança, admissão de clientes em pé, ou que haja quaisquer outros acontecimentos que possam descaracterizar a atividade principal do estabelecimento comercial, qual seja bar e/ou restaurante”, disse no parecer o coordenador do setor de Fiscalização de Alimentos Superintendência de Vigilância em Saúde, Jadison Oliveira.

O estabelecimento deve se concentrar na atividade principal de bar ou restaurante e a música ao vivo deve ser apenas um complemento da ambientação do local.

Os músicos e estabelecimentos devem adotar medidas para evitar contágio da Covid-19, como distanciamento e isolamento, uso de máscara, higienização de mãos, álcool em gel, medição de temperatura e afastamento de trabalhadores com sintomas gripais, que tenham testado positivo ou tenham tido contato com quem testou positivo.

A medida tem também cunho econômico e social. O setor sofre muito com os efeitos da pandemia que fechou bares e restaurante por muito tempo e mantém os shows proibidos desde o mês de março.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts