Após fiasco nas eleições de 2020, Caiado tenta construir base em Aparecida

Governador busca atrair lideranças que perderam espaço no município

Após o fiasco nas eleições de 2020 em Aparecida de Goiânia, o governador Ronaldo Caiado (DEM) busca criar uma base política no município com lideranças políticas que perderam espaço na gestão do prefeito Gustavo Mendanha (Sem Partido) ou foram derrotados no último pleito. Esses desabrigados estão sendo “pescados” pelo presidente estadual do MDB, Daniel Vilela, e sendo nomeados no Governo de Goiás.

A tentativa de criar um grupo em Aparecida passa diretamente pelo Diário Oficial. Ou seja, se for nomeado, vira caiadista, caso contrário, segue solto no município. A articulação visa amenizar o prejuízo ocorrido nas eleições de 2020, em que a candidata a prefeita do governador, Márcia Caldas (Avante), teve 0% dos votos no município. Isso mesmo, 0%, uma vez que seus 6.235 votos foram anulados por decisão judicial.

Abandonado

No último período eleitoral o ex-vereador Manoel Nascimento, então presidente do Democratas aparecidense e representante de Caiado no município, foi abandonado pelo governador. Atualmente, o ex-caiadista é alvo de flertes do grupo de Mendanha.

Total
15
Shares
Related Posts