Caiado autoriza construção da ‘Cidade da Polícia Civil’

Nova estrutura será implantada no Jardim Bela Vista e reunirá as 16 unidades operacionais de Goiânia

O governador Ronaldo Caiado (DEM) autorizou nesta terça-feira (13), a construção da Cidade da Polícia Civil, estrutura que reunirá as 16 unidades operacionais de Goiânia em um único local. A autorização foi feita durante visita ao Complexo das Delegacias Especializadas, no setor Cidade Jardim. A estrutura será nos moldes do que existe, hoje, apenas no Rio de Janeiro.

“Realmente é um feito inédito a criação de uma Cidade da Polícia Civil. Enquanto nosso sonho não se realiza, não mediremos esforços em continuar o atendimento com presteza àqueles que buscam o nosso serviço, com seriedade e transparência”, disse Odair José Soares.

Segundo o delegado-geral, alguns passos já foram dados, como a destinação de uma área para edificação contígua à Escola Superior da Polícia Civil, no Jardim Bela Vista, em Goiânia. Já a solução financeira orçamentária consiste na permuta entre uma área pública estadual pela edificação da estrutura da Polícia Civil – modelo adotado por diversos entes da Federação, a exemplo do Exército Brasileiro.

Sobre o trabalho desempenhado pela Polícia Civil, o governador Ronaldo Caiado disse que foi determinante para o Estado alcançar números positivos no combate à criminalidade nos últimos 21 meses. Desde o início da atual gestão, todos os registros violentos praticados contra a pessoa tiveram reduções expressivas. “Não tem mais crime hoje em Goiás que não tenha uma ação direita com resultado e o esclarecimento de como ou quem o provocou. É a verdadeira sensação que o goiano tem de Segurança Pública”, avaliou.

Atualmente localizado na Cidade Jardim, em Goiânia, o complexo da Polícia Civil é composto seis unidades, onde atuam 277 profissionais. São elas: Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (Derfrva), Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc), Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública (Dercap) e Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon). Anexa ao complexo está a Central Geral de Flagrantes e Pronto Atendimento ao Cidadão.

Total
16
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts