Polícia conclui nos próximos dias inquérito sobre morte de cantor sertanejo

Diego Sá foi vítima de disparo acidental de arma de fogo dentro de um lavajato

A Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) informa que o suspeito pela morte do cantor sertanejo Diego Souza Sá, de 28 anos, apresentou-se na sede da DIH na quinta-feira, dia 15. Ele é o autor do tiro acidental que acertou o olho e matou Diego Sá no interior de um lavajato, no Setor Leste Vila Nova, na terça-feira, dia 13, em Goiânia.

O suspeito, de 37 anos, foi interrogado e confirmou ser o proprietário da arma de fogo utilizada no evento e alegou ter disparado de forma não intencional. Na ocasião, ele exibiu a suposta arma de fogo, que foi encaminhada para realização de perícia.

De acordo com os elementos de informação já colhidos, a principal linha de investigação é de que tenha havido homicídio culposo por parte do investigado, por ter agido de forma não intencional, porém imprudente, ocasionando a morte da vítima.

O delegado Rhaniel Almeida disse que o autor do disparo e o primo da vítima que presenciou a cena informaram que não houve discussão ou desentendimento entre eles no dia do crime.

O culpado vai responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, com pena aumentada por fugir do local para evitar uma prisão em flagrante, e por posse irregular de arma de fogo, uma vez que o revólver 38 não tinha registro. A pena pode chagar a seis anos.

O inquérito policial será finalizado já nos próximos dias.

Total
23
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts